Feirão da Caixa em São Paulo terá mais de 136 mil imóveis

Compartilhe

Feirão da Caixa em São Paulo terá mais de 136 mil imóveis

Evento ocorrerá de sexta-feira (3) até domingo (5) na capital paulista.
Caixa vai oferecer crédito para começar a pagar em janeiro de 2014.

O superintendente regional da Caixa, Paulo Gatti, e o vice-presidente de Habitação, José Urbano Duarte (Foto: Darlan Alvarenga/G1)

A Caixa Econômica Federal oferecerá 136.780 imóveis no Feirão da Casa Própria de São Paulo, que ocorrerá de sexta-feira (3) até domingo (5) no Centro de Exposições Imigrantes, na capital paulista. O número representa uma queda de 37% na comparação com o total ofertado no feirão de 2012.

O visitante possuirá como opção de compra 54.883 imóveis novos ou em construção e 81.897 imóveis usados, distribuídos pelas regiões de São Paulo, Grande São Paulo e Baixada Santista.

Segundo a Caixa, o imóvel novo mais barato oferecido no feirão custa R$ 69,4 mil e o mais caro, R$ 1,67 milhão. Confira aqui a lista de imóveis novos que estarão à venda no feirão.

A Caixa informou nesta segunda-feira (29) que irão participar do feirão em São Paulo cerca de 100 construtoras e 133 imobiliárias e parceiros.

Além da cidade de São Paulo, Fortaleza também receberá o feirão da Caixa no mesmo período (de 3 a 5 de maio) - são as duas primeiras capitais a receberem o evento (veja o cronograma abaixo).

Financiamento poderá ser pago a partir de janeiro
A Caixa anunciou que quem adquirir o financiameto imobiliário no período da realização dos feirões poderá começar a pagar a primeira prestação em janeiro de 2014.

Confira lista de imóveis à venda no feirão da Caixa em SP

A condição é valida para financiamentos com recursos do Fundo de Garatia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Segundo o vice-presidente de Habitação da Caixa, José Urbano Duarte, a condição especial será oferecida também pelas agências do banco para todos os clientes, mas será, inicialmente, exclusiva para os meses de maio e junho.

Com relação às taxas de juros, as condições permanecem as mesmas praticadas atualmente no banco.

"Mesmo com a alteração da taxa Selic, a Caixa manteve as taxas e vai continuar com o propósito de manter as menores taxas do mercado", disse Duarte.

Para os imóveis de até R$ 500 mil, os juros praticados atualmente pela Caixa variam de 7,7% ao ano a 8,85% ao ano, para uma prazo de até 360 meses.

Queda em unidades ofertadas
Na edição do ano passado, foram colocados à venda em São Paulo 218 mil imóveis, sendo 24,5 mil novos e 193,5 mil usados. A maior queda neste ano é no número de imóveis usados.

Embora o número de imóveis tenha caído na edição deste ano do evento, o superintendente regional da Caixa, Paulo Gatti, prevê que o valor movimentado durante o feirão irá crescer acima de 20% com relação ao valor de R$ 2,5 bilhões movimentados em 2012.

"O mercado está focando mais em ofertar no feirão imóveis que terão maior probabilidade de comercialização e o nosso foco agora é incentivar a produção, a construção de novas  unidades", disse Gatti, acrescentando que o banco prevê que o número de negócios realizados e encaminhados durante o evento também deverá crescer mais de 20% na comparação com as 21.155 unidades negociadas no ano passado.

Crédito imobiliário da Caixa cresce 39% em 2013 até dia 20
A avaliação da Caixa é que o mercado de imóveis continua aquecido no país e com taxa de inadimplência "estável e baixa".

“O mercado de imóveis continua muito aquecido. Nossos processos estão ganhando velocidade e estamos conseguindo fazer muito mais contratos com maiores valores", afirmou o superintendente regional da Caixa.

O banco informou que o volume de crédito imobiliário contratado no banco no ano até 20 de abril somou R$ 36,1 bilhões, uma alta de 39% na comparação com o mesmo período de 2012. Com relação ao número de unidades negociadas, a alta no período foi de 31%.

Neste ano,  a Caixa elevou a previsão de contratações de crédito imobiliário neste ano de R$ 120 bilhões para R$ 126,5 bilhões. A mudança se deve ao volume recorde de R$ 28,91 bilhões contratados somente no primeiro trimestre, valor 31,7% superior ao do mesmo período do ano passado.

Caixa irá promover feirões de imóveis em 13 cidades entre maio e junho (Foto: Reprodução/Caixa)

Cronograma dos feirões
Até junho, o 9º Feirão da Caixa da Casa Própria acontecerá em 13 cidades do país.

A previsão da Caixa é que o número de imóveis ofertados nos feirões seja superior a 400 mil.

Para todos os feirões, a previsão da Caixa é que o volume de negócios fique de 20% a 25% acima dos R$ 12,2 bilhões movimentados em 2012.

As primeiras cidades a receberem o feirão este ano serão São Paulo e Fortaleza, entre os dias 3 e 5 de maio. Brasília, Uberlândia, Curitiba, Salvador e Rio de Janeiro terão o evento entre os dias 17 e 19 de maio. De 24 a 26 de maio, chega a vez de Florianópolis, Porto Alegre e Belo Horizonte. As últimas cidades a receber o evento serão Belém, Recife e Campinas, entre os dias 14 e 16 de junho.

SERVIÇO
Feirão da Caixa em São Paulo
Local: Centro de Exposições Imigrantes (Rod. dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda
Data: 3 A 5 de maio de 2013
Horário: sexta-feira e sábado, das 10h às 20h, e domingo, das 10h às 18h
 

 Do G1, em São Paulo

Buscar

Capitais


Cotia e Região


Câmera da Raposo - KM 12,5

Câmera da Raposo - KM 20

Câmera da Raposo - KM 17